Cartão de crédito para negativados: 4 opções sem consulta ao SPC e Serasa

Ficar inadimplente pode dificultar a vida de uma pessoa. As dívidas, que normalmente têm taxas de juros elevadas, acabam atingindo valores exorbitantes. Como se isso não bastasse, o indivíduo ainda pode ter seu nome incluído nas listas de órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

Quem fica com o nome negativado encontra dificuldades para obter crédito, como empréstimos, financiamentos ou cartões, por exemplo. Entretanto, algumas instituições estão disponibilizando novas formas de pagamento, a fim de atender também a este público.

Por isso, destacamos cinco cartões que não consultam o SPC/Serasa no momento da análise de crédito, e por isso, também podem ser adquiridos por quem está negativado. Confira!

BMG Card

O BMG Card é um cartão de crédito consignado, oferecido pelo Banco BMG, sem consulta ao SPC/Serasa. Sendo assim, o cartão é exclusivo para servidores públicos e aposentados e pensionistas do INSS. O cartão é internacional e possui a bandeira Mastercard. Os juros são mais baixos, no valor de 3,06% ao mês, e não há cobrança de anuidade.

O cliente que precisar de dinheiro rápido pode fazer saques nos caixas eletrônicos da rede Banco24Horas ou optar pelo crédito em conta. Além disso, é possível fazer recargas de celular pelo aplicativo BMG Card ou na rede conveniada. O pagamento da fatura é feito por meio de desconto mensal direto na folha de pagamento

A adesão é totalmente online. Para solicitar, basta acessar o site da BMG, informar os dados pessoais, o perfil do solicitante e o melhor horário para um consultor entrar em contato e clicar na opção “Solicitar agora”.

Cartão BBB

O Cartão BBB é ofertado pelo Brazilian Business Bank, mesmo para quem está negativado. Trata-se de um cartão pré-pago/conta digital recarregável por meio de boleto bancário. Com ele, é possível fazer compras em lojas físicas e online, no Brasil e no exterior, saques na rede Banco24Horas e transferências para qualquer banco.

A financeira também disponibiliza uma opção de empréstimo em parceria com o Simplic. Após receber o cartão, o cliente poderá obter crédito entre R$ 500 e R$ 3.500. Para isso, basta solicitar a liberação do dinheiro no site da instituição. Entretanto, a taxa de juros do empréstimo é muito alta, variando entre 15,8% e 17,9%.

O cartão pode ser solicitado pelo site, bastando preencher o formulário disponível na página. Os dados serão submetidos à análise e, caso a proposta seja aprovada, o solicitante receberá por e-mail um boleto no valor de R$ 44,99 referente a taxa de emissão e entrega do cartão. Assim que o pagamento da tarifa for identificado, o cartão será enviado para a residência do titular.

Cartão Caixa Simples

A Caixa Econômica Federal disponibilizou no mês de abril o Cartão Caixa Simples, sem consulta ao Serasa ou ao SPC. Além disso, as taxas de juros são mais em conta, de apenas 2,85% ao mês para o uso do rotativo, e não há cobrança de anuidade.

O cartão Caixa Simples é consignado e pode ser adquirido por aposentados e pensionistas do INSS com menos de 75 anos. Parte do valor da fatura é descontado automaticamente no benefício, e até 95% do limite de crédito pode virar dinheiro na conta, basta solicitar esta opção no ato da contratação.

Para solicitar o cartão, basta comparecer em qualquer agência Caixa portando os documentos necessários, a saber: RG, CPF, Comprovante de residência e Extrato do benefício.

Cartão Olé Consignado

A Olé Consignado é uma empresa dos bancos Santander e Bonsucesso, e oferece mais uma opção de cartão na modalidade consignado. Ou seja, não há consulta ao SPC/Serasa, e o valor da fatura é descontado na folha de pagamento. O cartão está disponível para aposentados e pensionistas do INSS e servidores públicos.

Entre os benefícios do Cartão Olé Consignado, estão: anuidade zero; taxas mais baixas do que as de cartões convencionais; cartão internacional; acompanhamento de informações pelo aplicativo; saques em dinheiro; e descontos em estabelecimentos parceiros.

Para pedir o cartão, os interessados devem acessar o site ou aplicativo, fazer a simulação do cartão de crédito e preencher os dados necessários. A solicitação será enviada para análise e, caso seja aprovada, a Olé realizará a emissão e envio do cartão para o endereço do solicitante.

Fonte: Jornal  Contábil - 21/01/2020

Cotações e Índices

Moedas - 27/03/2020 15:52:48
  • Nome
  • Compra
  • Venda
  • Comercial
  • 5,021
  • 5,023
  • Paralelo
  • 4,370
  • 5,100
  • Turismo
  • 5,000
  • 5,300
  • Euro
  • 5,537
  • 5,541
  • Iene
  • 0,046
  • 0,046
  • Franco
  • 5,212
  • 5,216
  • Libra
  • 6,094
  • 6,097
  • Ouro
  • 261,110
  •  
Mensal - 04/03/2020
  • Índices
  • Jan/20
  • Dez/19
  • Inpc/Ibge
  • 0,19
  • 1,22
  • Ipc/Fipe
  • 0,29
  • 0,94
  • Ipc/Fgv
  • 0,59
  • 0,77
  • Igp-m/Fgv
  • 0,48
  • 2,09
  • Igp-di/Fgv
  • 0,09
  • 1,74
  • Selic
  • 0,38
  • 0,37
  • Poupança
  • 0,05
  • 0,05
  • TJLP
  • 5,09
  • 5,57
  • TR
  • -
  • -

Saiba mais ...

Agendas Tributárias

  • 31/Março/2020 – 3ª Feira.
  • IOF | Imposto sobre Operações Financeiras.
  • COFINS/PIS-PASEP | Retenção na Fonte – Autopeças.
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração mensal.
  • IRPJ/CSL | Imposto de Renda Pessoa Jurídica e da Contribuição Social sobre o Lucro | Apuração trimestral.
  • IRPJ/CSL - Lucro real anual - Saldo de 2019.
  • IRPJ | Imposto de Renda Pessoa Jurídica | Renda variável.
  • IRPJ/Simples Nacional | Ganho de Capital na alienação de Ativos.
  • IRPF | Imposto de Renda Pessoa Física.
  • REFIS/PAES | Programa de Recuperação Fiscal.
  • REFIS | Programa de Recuperação Fiscal.
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro | Profut | Parcelamento de débitos junto à RFB e à PGFN.
  • Previdência Social (INSS) | Programa de Recuperação Previdenciária dos Empregadores Domésticos - Redom (Parcelamento de débitos em nome do empregado e do empregador domésticos junto à PGFN e à RFB).
  • DOI | Declaração de Operações Imobiliárias.
  • DME | Declaração de Operações Liquidadas com Moeda em Espécie.
  • Operações com criptoativos.
  • Programa bienal de segurança e medicina do trabalho.
  • Declaração de Benefícios Fiscais (DBF).
  • Declaração de Transferência de Titularidade de Ações (DTTA).
  • Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis).
  • Informações prestadas pelas entidades de previdência complementar, sociedades seguradoras e administradoras de Fapi
  • Declaração de Rendimentos Pagos a Consultores por Organismos Internacionais (Derc).

Saiba mais ...

Avenida Silvio Avidos, 1104 - Sala 103 - São Silvano - Colatina ES   |   CEP: 29703-132
27. 3721 3268   |   pedro@gramacon.com.br
Desenvolvido pela TBrWeb
( XHTML / CSS )